11 de mai de 2015

Um interessante caso de Fragmentos de Alma



Recentemente atendi um caso onde a pessoa sentia uma sensação inexplicável de “dor no coração”. Ao questioná-la desde quando se sentia assim, respondeu que desde sempre.

Inicialmente ela me procurou para saber se neste trabalho de Fragmentos de Alma, teria que dar o nome da pessoa e eu disse que sim.
Por ser uma pessoa intuitiva, ela sabia que era “algo com alguém”, mas não sabia com quem. Então solicitou que fizesse a busca de fragmentos com a mãe dela, já que o relacionamento entre as duas era pouco harmonioso.

Fiz um estudo de caso de P.A.S. Vale a pena conferir CLIQUE AQUI.

Se você tem um caso semelhante ao de P.A.S., quem sabe seja o caso de buscar os seus Fragmentos de Alma que por ventura esteja presa em alguma vivência desta ou de outras vidas com pessoas da sua família, amigos, amantes, desafetos, cônjuges, parentes, enfim, qualquer tipo de relacionamento.

Este trabalho não faz a busca de fragmentos somente desta vida, é uma busca simultânea de todas as gerações no tempo entre você a pessoa em questão.

Quem se beneficia com este trabalho?
TODOS. Se sentir incomodado com alguém, faça uma sessão.
Se alguém está te incomodando é porque ali existe uma conexão energética. Se fosse algo bom, não estaria se sentindo incomodado.
Você se liberta da energia do outro e o outro se liberta da sua energia.

Se nesta conexão houver o vampirismo, o que está vampirizando sentirá imediatamente o corte energético. Esse corte costuma dar uma reação no vampirizador que fica desesperado com a falta da energia da sua vítima. Essa reação pode ser de ataque à sua vítima de modo a restabelecer o que foi cortado. Se nesta "briga" a vítima sentir medo, ou deixar que a sua vibração caia novamente, ele poderá se conectar novamente. Por isso é bom sempre ter em mente que o vampirizador quer a sua energia e ele usa o medo como porta de entrada.

Conforme fui trabalhando com a busca de fragmentos vi que ela se tornou uma técnica independente. Evoluiu. Expandiu. É quase uma TVP. Todo o trabalho é conduzido pela Consciência Maior, com a permissão do Eu Superior da pessoa e dos meus Amparadores Espirituais.

Precisando de ajuda para se desconectar da energia do outro, me procure. Tenho ferramentas para ajuda-lo. Não prometo milagres e nem mágica, até mesmo porque quem cura não sou eu. Eu sou apenas um instrumento facilitador do seu equilíbrio. 

Busque os seus Fragmentos de Alma.
Faça a desconexão com as pessoas perniciosas do seu passado.
Gratidão, Paz e Luz
Eu Sou Rosangela Matsushita
Terapeuta Akáshica a serviço do Bem Maior
Este texto foi escrito por Rosangela Matsushita
Se for compartilhar, por gentileza dê os créditos

.

26 de abr de 2015

Novamente no Brasil - Curso TRF (Transmissão do Retorno à Fonte)


Serafim Vieira estará no Brasil para mais uma temporada de Cursos de TRF.
Eu fiz  e recomendo o curso de Transmissão do Retorno à Fonte. Faz três anos que estou em contato com esta nova frequência de cura. De lá pra cá, muitas transformações na minha vida.

Pode ser a oportunidade que você estava esperando, aquele ponto de virada que faz toda a diferença. Digo isso de coração pois a TRF foi uma das iniciações essenciais que fizeram a diferença para mim. Tudo bem que cada pessoa tem o seu caminho, e quem sabe a TRF seja para você também?

Esta é um divulgação espontânea da minha parte, não estou ganhando ou recebendo favores. A minha intenção é divulgar para que mais pessoas possam ter acesso a esta frequência maravilhosa, através do curso e dos terapeutas de TRF.

Resumindo em poucas palavras o que é a TRF, é um processo gradual e contínuo de ativação das camadas do DNA Multidimensional através da Sintonização com a Totalidade do Ser. É um regresso ao seu Eu Verdadeiro. Saiba mais, visite o site oficial da TRF, clique aqui



Do que ficar falando sobre o meu ponto de vista, resolvi acessar o Registro Akáshico da técnica TRF e obtive informações interessantes, leia abaixo:

“Eu sou o despertar das potencialidades, permitindo o acesso às frequências nunca antes atingidas.
Faço uma varredura no sistema de malhas e linhas axiatonais, liberando bloqueios, retirando crostas de estagnação para que o ser humano possa ter mais facilidade de acesso ao seu próprio centro que é Deus.
Trago nas mãos uma tocha que está sempre acesa. Esta tocha sabe o caminho, e conduz os praticantes a lidarem de forma espontânea e intuitiva onde há bloqueios a serem trabalhados. Sou uma energia benevolente que respeita a comunhão do Eu Superior, levando as pessoas ao portal do conhecimento e da sabedoria interior.
Cada ser sintonizado é um ponto de luz.
Cada ser que passa pela cura nas mãos dos sintonizados são melhorados na sua qualidade de vida.
Estou disponível a todos, basta estender as mãos e ter a intenção de servir a Deus.
Uma vez nesta sintonia, o milagre acontece naturalmente, deixando assim de ser considerado milagre.” 
Leitura do Registro Akáshico realizado por
Rosangela Matsushita em 25/04/2015

Local e Datas

São Paulo – confirmado:  30 e 31 de Maio, 01 e 02 de Junho
Local: Rua IL Sogno di Anarello, 83 – Vila Mariana
Contato: Rosa Hosken

Brasília - local e data a confirmar

Rio de Janeiro – confirmado: 13,14 e 15 e 16 de Junho
Contato: Monica Losada
E-mail: monica.losada@hotmail.com
Tel: (21) 2579.0224

Quer saber se é para você? Sinta no seu coração.
Quando é para você, não há dúvidas nem empecilhos, tudo flui naturalmente.

Quer saber como é a TRF? 
Agende a sua sessão com um dos terapeutas da lista abaixo. Todos estão devidamente preparados para atendê-lo.

Scheila Adriane Grade
Facebook: Scheila Adriane Grade, Despertando Deuses

Rosa Hosken
Facebook: Rosa Hosken, Um Raio De Luz

Eveline Grein Druziki  
Facebook: Eveline Grein Druziki, Em Sintonia na Existência

Tonis Andres
Facebook: Tonis Terapias Integrativas

Mônica Erichsen Nassif
Facebook: SCER - Alinhamento Akáshico
Cel: (31) 8725-8028

Adrianna Da Fonte Marroquim
Facebook: Espaço Plêiades

João Siqueira da Mata
Facebook: João Siqueira da Mata

Sérgio Mauler
Facebook: Sérgio Mauler

Cledson Alexandre de Oliveira
Facebook: Cledson Alexandre
  
Myrian Baraldi   
Facebook: DRA. MYRIAM BARALDI

Monica Losada
Facebook: Monica Losada

Thereza Ferraz
Facebook: Thereza Ferraz - Terapias Naturais Complementares
E-mail: 31 91551258

Mara Cristina Valente Serafim
Facebook: TinaSerafim EstéticaFeminina

Fátima Heloísa Oliveira Esteves
Facebook: Heloísa Esteves

Elizabeth do Rocio Pereira Pinto
Facebook: Elizabeth Pinto

Juliano Emanuel Wobeto
Facebook: Juliano Emanuel Wobeto

Fernando Augusto Martins Cardoso
Facebook: Fernando Augusto

Site Oficial - Serafim Vieira - Clique aqui: Clique aqui

Conheça a Leitura do Registro Akáshico.
Será uma honra traduzir a mensagem dos seus Amparadores Espirituais.
Gratidão, Paz e Luz
Eu Sou Rosangela Matsushita
Terapeuta Akáshica a serviço do Bem Maior
Este texto foi escrito por Rosangela Matsushita
Se for compartilhar, por gentileza dê os créditos

.


20 de abr de 2015

Perdão. Um ato de amor próprio.



Quando perdoo, liberto o outro e me liberto também.
O perdão nada mais é que uma compreensão maior dos fatos onde escolhemos viver sem ressentimentos e sem culpa, não é religiosidade ou misticismo, é uma forma de compreender que somos vulneráveis e que tentando acertar, machucamos e somos machucados pelas pessoas de forma inconsciente – ou não, depende do contexto.

Todos nós erramos, se bem que não gosto da palavra "erro", prefiro dizer que o erro seja apenas uma tentativa malsucedida, na qual o resultado não saiu como gostaríamos.
Se alguém fez algo para você e que não consegue perdoar, talvez esteja na hora de mudar a maneira como olha para a situação, pois quem mais perde nessa história é você. É uma decisão sua se libertar da toxicidade emocional que o outro te provocou.

Ficar se remoendo, revivendo a dor por tanto tempo, é uma forma desumana de viver, uma verdadeira mutilação existencial. E te pergunto, vale a pena?
O perdão faz bem para quem dá e para quem recebe. É o inicio da paz e do amor próprio.
Quando perdoamos o outro – e a nós também, somos banhados com o Amor Primordial e somos guiados para uma vivência com menos atrito e mais brandura no coração. Quando experimentamos o Amor Primordial, iniciamos a cura das nossas feridas.

Pratique o auto perdão, se perdoe de todas as tentativas mal sucedidas, de ter se renegado por algum motivo, de não ter se amado como deveria, de ter jogado os seus sonhos por covardia, de não ter feito aquilo que o seu coração queria, enfim, perdoe-se!

A finalidade do perdão é isso, é ter essa compreensão de que todos nós somos vulneráveis e que a sensação de culpa ou ressentimento, só causa dor e estagnação, ficamos presos na experiência e não conseguimos prosseguir com a paz de espírito para sermos minimamente felizes. E não viemos para este lindo Planeta Azul para vivermos de migalhas.

O perdão quebra as resistências armadas pelo ego ferido.
O perdão não se impõe; aquele que perdoa, está pronto para viver com doçura.

Você precisa de ajuda para restabelecer o seu equilíbrio energético/espiritual?
Conheça a Despolarização Quântica
Gratidão, Paz e Luz
Eu Sou Rosangela Matsushita
Terapeuta Akáshica a serviço do Bem Maior
Este texto foi escrito por Rosangela Matsushita
Se for compartilhar, por gentileza dê os créditos

.



4 de abr de 2015

Como controlar os seus pensamentos


Você decidiu viajar com seu automóvel.
A autoestrada tem o limite máximo de 110 km por hora. A estrada está livre, não tem obras nem veículos que possam obstruir a sua passagem.
Você está tranquilo e não tem pressa, adora pegar a autoestrada, se sente feliz, aprecia o trajeto e a paisagem. Tudo contribui para o seu bem estar. E por fim, chega ao seu destino sentindo-se muito bem e animado.

Você decidiu viajar de ônibus.
A autoestrada tem o limite máximo de 80 km por hora. Essa estrada está congestionada, tem radar, pedágios e trechos com obras.
Você está impaciente, o seu destino ainda está distante, você está irritado, com calor e não consegue dormir porque tem duas senhoras atrás da sua poltrona que conversam sem parar e algumas crianças gritando fazendo de conta que são super heróis salvando uma formiga.
Tudo que você quer é dormir e acordar no seu destino. Quando você chega no seu destino está cansado, suado e nervoso.

Você viajou, chegou ao seu destino.
A diferença entre o automóvel e do ônibus é óbvia – E a diferença de quem controla os próprios pensamentos de quem não controla também é.
Com o seu automóvel (pensamentos sob controle) você conduz a sua vida com autonomia, está tudo sob o seu controle.
Com o ônibus (pensamentos sem controle) você fica à mercê dos fatores externos, sujeito a todo tipo de interferência e sentindo-se impotente.

Qual deve ser a minha postura diante de um pensamento que se tornou obsessivo?
1- Devo reconhecer que o pensamento não tem vida própria.
2- Se estou pensando é porque  estou dando atenção a ele.
3- Se dou atenção ao que estou pensando, estou alimentando-o com a minha energia.
4- Se estou alimentando-o, vai crescer e fortalecer como qualquer ser vivo.
5- Se o pensamento for destrutivo, pare imediatamente.
6- Como parar um pensamento destrutivo? Simples, dê comandos.
7- Em tom imperativo diga “PARE AGORA”  ou qualquer frase do tipo “Eu sou a consciência e ordeno que este pensamento pare imediatamente”

Toda vez que der comandos para cessar com os pensamentos obsessivos, gradativamente deixará de exercer poder sobre você.
Não se esqueça, você é a autoridade máxima na sua vida. 

Não está conseguindo se livrar dos pensamentos obsessivos?
Precisa de ajuda para restabelecer o seu equilíbrio energético/espiritual?
Faça sessões de Despolarização Quântica e sinta-se bem!

Gratidão, Paz e Luz
Eu Sou Rosangela Matsushita
Terapeuta Akáshica a serviço do Bem Maior
Este texto foi escrito por Rosangela Matsushita
Se for compartilhar, por gentileza dê os créditos

.

20 de mar de 2015

Seus pensamentos, seu universo.


Eu sou o centro do meu universo.
Tudo começa em mim, basta um pensamento.
Este pensamento gera uma sensação, e depois uma ação.
Meus pensamentos me levam para mil lugares ao mesmo tempo.
Vou para o passado, volto para o presente e lá vou eu para o “suposto” futuro.

No passado revejo os acontecimentos, começo a fantasiar o que poderia ter feito e não fiz, me arrependendo de algumas coisas que “poderiam” ter sido diferentes se tivesse a maturidade de hoje.

No momento presente vejo que hoje é a melhor época da minha vida. E por estar tudo certo no meu presente, meus pensamentos me sequestram rapidamente para o futuro.

No suposto futuro, tudo é uma incógnita. Não sei o que me aguarda e se deixar os meus pensamentos soltos tenho duas opções, me inquietar com as ansiedades e incertezas ou crer nas bênçãos do universo.

Eu sou o centro do meu universo. 
Dito as regras conforme a qualidade dos meus pensamentos. 
Preciso ter o controle desses pensamentos para evitar situações indesejáveis na minha realidade porque tudo começa aqui no meu interior para depois se expressar no meu mundo exterior.

A qualidade da minha vida depende diretamente dos meus pensamentos.
Primeiro eu sinto, depois penso sobre o que senti. Se eu pensar negativamente, é inevitável, vou ficar negativa.

Então a dica do post de hoje é, estejamos atentos aos nossos pensamentos.
Não podemos deixa-los soltos como cavalos desgovernados. Vamos tomar as rédeas!

Você precisa de ajuda para restabelecer o seu equilíbrio energético/espiritual?
Conheça a Despolarização Quântica


Gratidão, Paz e Luz
Eu Sou Rosangela Matsushita
Terapeuta Akáshica a serviço do Bem Maior
Este texto foi escrito por Rosangela Matsushita
Se for compartilhar, por gentileza dê os créditos

.