11 de mai de 2015

Um interessante caso de Fragmentos de Alma



Recentemente atendi um caso onde a pessoa sentia uma sensação inexplicável de “dor no coração”. Ao questioná-la desde quando se sentia assim, respondeu que desde sempre.

Inicialmente ela me procurou para saber se neste trabalho de Fragmentos de Alma, teria que dar o nome da pessoa e eu disse que sim.
Por ser uma pessoa intuitiva, ela sabia que era “algo com alguém”, mas não sabia com quem. Então solicitou que fizesse a busca de fragmentos com a mãe dela, já que o relacionamento entre as duas era pouco harmonioso.

Fiz um estudo de caso de P.A.S. Vale a pena conferir CLIQUE AQUI.

Se você tem um caso semelhante ao de P.A.S., quem sabe seja o caso de buscar os seus Fragmentos de Alma que por ventura esteja presa em alguma vivência desta ou de outras vidas com pessoas da sua família, amigos, amantes, desafetos, cônjuges, parentes, enfim, qualquer tipo de relacionamento.

Este trabalho não faz a busca de fragmentos somente desta vida, é uma busca simultânea de todas as gerações no tempo entre você a pessoa em questão.

Quem se beneficia com este trabalho?
TODOS. Se sentir incomodado com alguém, faça uma sessão.
Se alguém está te incomodando é porque ali existe uma conexão energética. Se fosse algo bom, não estaria se sentindo incomodado.
Você se liberta da energia do outro e o outro se liberta da sua energia.

Se nesta conexão houver o vampirismo, o que está vampirizando sentirá imediatamente o corte energético. Esse corte costuma dar uma reação no vampirizador que fica desesperado com a falta da energia da sua vítima. Essa reação pode ser de ataque à sua vítima de modo a restabelecer o que foi cortado. Se nesta "briga" a vítima sentir medo, ou deixar que a sua vibração caia novamente, ele poderá se conectar novamente. Por isso é bom sempre ter em mente que o vampirizador quer a sua energia e ele usa o medo como porta de entrada.

Conforme fui trabalhando com a busca de fragmentos vi que ela se tornou uma técnica independente. Evoluiu. Expandiu. É quase uma TVP. Todo o trabalho é conduzido pela Consciência Maior, com a permissão do Eu Superior da pessoa e dos meus Amparadores Espirituais.

Precisando de ajuda para se desconectar da energia do outro, me procure. Tenho ferramentas para ajuda-lo. Não prometo milagres e nem mágica, até mesmo porque quem cura não sou eu. Eu sou apenas um instrumento facilitador do seu equilíbrio. 

Busque os seus Fragmentos de Alma.
Faça a desconexão com as pessoas perniciosas do seu passado.
Gratidão, Paz e Luz
Eu Sou Rosangela Matsushita
Terapeuta Akáshica a serviço do Bem Maior
Este texto foi escrito por Rosangela Matsushita
Se for compartilhar, por gentileza dê os créditos

.